segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Review HyperX Fury DDR4 2400MHz (HX424C15FB/4)


Introdução

A HyperX uma divisão da Kingston Technology, lançou em 2014 no mercado sua linha de memorias DDR4, suprindo a demanda de usuários que desejavam extrair o máximo de desempenho da nova tecnologia. Inicialmente a HyperX colocou no mercado a linha Predator, conhecida por ser o supra-sumo da marca, posteriormente foram lançadas a linha Fury e Savage voltadas ao seguimento intermediário e de entrada.    

Nesse review iremos testar os limites da HyperX Fury DDR4, e ver até onde conseguimos subir sua frequência em overclock. Vamos ver o que uma das memorias de entrada mais barata pode fazer, e vamos ver também se ela herdou a valentia da sua irmã mais velha (Fury DDR3), que não nos decepcionou em nosso review. O mesmo pode ser visto clicando aqui.


Principais características HyperX Fury (HX424C15FB/4)

Confiabilidade: 100% testado na fábrica
Garantia: garantia vitalícia
Capacidade: Pentes de 4GB
Frequência: 2400MHz
Latência CAS: CL 15
Tensão: 1.2v baixo consumo de energia em comparação com a memória DDR3 
Compatibilidade: Otimizada para chipsets série 100 e x99 da Intel
Plug and Play, Overclock automático para sua frequência máxima sem a necessidade de ajustes na bios.


Olhando para as HyperX Fury um pouco mais de perto

Como de costume, aqui é onde analisamos cada mínimo detalhe do design, da qualidade dos materiais utilizados na construção e da embalagem do produto.

Como dá para ver, as memórias vêm em um blister plástico, envolto por um lacre vermelho que garante sua integridade, e com algumas informações sobre modelo, tamanho em GB e mais algumas informações. 

Em nosso review estamos analisando um kit Single Channel. Então cada memoria vem em sua própria embalagem, diferente de um kit dual Channel onde as memórias vêm na mesma embalagem.

Tudo que acompanha a HyperX Fury DDR4 pode ser visto nessa imagem. Um manual de instruções, um adesivo HyperX e a Memória. O adesivo que vem na Fury DDR4 é um pouco maior que o que vem na Fury DDR3, 

Fisicamente o dissipador de calor continua idêntico ao da sua irmã Fury DDR3, tirando o fato que agora existe DDR4 estampado em um dos lado superiores.

Quando falamos de Overclock em memória, o que importa é o chip usado e não a marca propriamente dita (o fabricante pode usar diferentes tipos de chip em um mesmo modelo). No caso das memórias DDR4 quando falamos em chip voltado a Overclock, os melhores atualmente são Hynix AFR e Samsung B-DIE. O chip que veio na Fury que estamos analisando aqui, São Chip Micron D9TGG de 512mb cada. Esse chip tem fama de não subir muito em Overclock, mas vamos ver até onde isso é verdade. 



Plataforma de teste e metodologia

Plataforma de teste
CPU: Core I3 6100
Mobo: Asrock Z170M OC Formula
Fonte: XFX 650w Core edition
Refrigeração: Corsair H60
Memória: HyperX Fury DDR4 2400mhz
Armazenamento: SSD HyperX 3K 120GB

Metodologia dos testes
Cada Benchmark foi executado diversas vezes para se obter um resultado confiável. Executamos os testes na frequência padrão de 2400mhz, e em Overclock nas frequências de 2666mhz, 2800mhz, 3030mhz e 3200mhz. Não foram alterados os Sub-Timings da memória.

Benchmarks utilizados no review
Aida64 V5.75.3900
Cinebench R11.5
Cinebench R15
Intel XTU V6.2.0.17
Super PI 1M
Super PI 32M
Winrar X64 V5.40



Resultados

O foco aqui é chegar no limite dessa memória para uso diário, onde uma pessoa com o mínimo de conhecimento em Overclock possa chegar.
Em nossos testes, pudemos observar que esse chip Micron D9TGG não escala com voltagem, então qualquer voltagem acima de 1.45v mais prejudica do que ajuda na estabilidade da memória. Frequências acima de 3066mhz começaram a apresentar uma queda na eficiência, talvez por ter que relaxar demais as latências, então a melhor eficiência dessa memória é por volta dos 3000mhz a 3100mhz.

Foram feitos testes de estabilidade em todas as frequências testadas nesse review.


Aida64 V5.75.3900
Resultado em Mb/s. Quanto maior melhor.
O software Aida64 é um dos benchmarks mais conhecido quando se trata de testes em memórias, e serve de base para que todos os usuários comparem seus resultados com outras pessoas.

Cinebench R11.5
Quanto maior a pontuação melhor.
Cinebench R11.5 é um Benchmark de renderização baseado no premiado software de animação CINEMA 4D da MAXON, que é amplamente utilizado por estúdios e casas de produção em todo o mundo para criação de conteúdo em 3D. Aqui parece que a maior frequência de memória não teve grande efeito.

Cinebench R15
Quanto maior a pontuação melhor.
Cinebench R15 é outro benchmark baseado no software de animação CINEMA 4D da MAXON, lançado cerca de 3 anos e meio após o seu antecessor agora possui suporte para sistemas de até 256 threads. Novamente aqui a frequência da memória não teve muito impacto.

Intel XTU V6.2.0.17
Quanto maior a pontuação melhor.
O Intel XTU é um software de Overclock desenvolvido pela Intel, e que possui um Bencmark Multi-core que vem sendo muito utilizado nos últimos tempos, possui suporte somente a partir da 2° geração de processadores core i, no caso Sandy-Bridge.

Super Pi 1M
Resultado em segundos. Quanto menor melhor.
Super Pi 1M é um dos benchmarks 2D mais antigos, mas ate hoje ainda é bem utilizado por Overclockers ao redor do mundo. Utilizar memórias com frequência alta e timings apertados pode ter impacto positivo aqui.

Super Pi 32M
Resultado em segundos. Quanto menor melhor.
Super PI 32M é um dos Benchmark mais conhecido no mundo dos Overclockers. Por ser muito sensível a vários fatores como: frequência, Timings e tweaks se tornou um dos benchmarks 2D mais difíceis se se conseguir um bom resultado.

Winrar X64 V5.40
Resultado em Mb/s. Quanto maior melhor.
Winrar talvez seja o mais conhecido software de compactação e descompactação de arquivos, por possuir um benchmark interno se torna um grande aliado nos testes de memória. No gráfico acima podemos ver o ganho que temos quando fazemos Overclock na memória. Para quem trabalha com compactação e descompactação de arquivos, fazer Overclock na memória pode ser uma boa alternativa.


Frequência máxima

Utilizado a plataforma LGA 1151 com um Core i3 6100, a frequência mais alta que conseguimos validar na HyperX Fury de 2400mhz foi 3569mhz com voltagem de 1.45v. Nessa frequência não foi possível rodar nenhum Benchmark.

http://valid.x86.fr/zkb016



Considerações finais

Parece que a Fury DDR4 Herdou mesmo a valentia da sua irmã mais velha. Eu acho que fez até muito para uma das memórias DDR4 mais barata do mercado. Podendo ser encontrada por volta dos R$120,00 Reais (Cada pente de 4GB) é uma ótima opção para que esta a procura de uma memória barata mas, que não abre mão de uma boa qualidade.


Nosso Próximo objetivo é fazer um comparativo entre a HyperX Fury, Savage e Predator para ver qual vai se sair melhor, tanto em eficiência como frequência em Overclock. Alo Kingston dá uma ajudinha para gente 😁.



Se tem alguma dúvida, critica ou sugestão deixe nos comentários abaixo. E fiquem atentos aos próximos review e comparativos que estão por vir.



2 comentários :

  1. Ótimo custo beneficio , parabéns pelo review

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim. o custo beneficio dessa meória é muito bom.

      Excluir