domingo, 13 de novembro de 2016

Usa Spotify em um computador com SSD? É hora de cuspir marimbondos!

Se você possui um computador com SSD, rodando Windows, Mac ou Linux e está usando o aplicativo do Spotify, lamentamos informar que você cuspirá muitos marimbondos com essa notícia. Se o termo não é comum em sua região, vamos traduzir: você ficará revoltado! Veio a público essa semana que há pelo menos cinco meses o app do Spotify para computadores possui uma falha que prejudica extremamente a vida útil de seu SSD. Sim, muitos não sabem, mas memórias flash possuem uma quantidade bem limitada de ciclos de escrita, até que por fim, não conseguem mais gravar dados. Pois bem, o famoso app de streaming continha um bug que fazia com que uma quantidade incrível de dados fosse escrita no disco. Pasmem! Isso acontecia mesmo se o app não estivesse em uso.

A descoberta veio a partir de reclamações dos próprios usuários, que perceberam que algo errado estava acontecendo e começaram a despejar reclamações nos fóruns do Spotify. O site Ars Technica, investigou a questão e descobriu que o aplicativo chegava a gravar algo entre 5 e 10 GB de dados, em um curtíssimo período de uma hora. Então, se usuário o deixasse aberto durante todo o dia sem uso, ele poderia gravar absurdos 700 GB de dados no SSD.

Spotify Admitiu a Existência do Problema

O Spotify se manifestou, informando que o problema já foi corrigido em todas as versões do app, com a liberação da atualização de compilação 1.0.42. Esses updates costumam ocorrer automaticamente, mas com um problema grande como esse, não custa nada conferir se o seu já foi atualizado realmente. Para isso, dê uma conferida na seção “Sobre”, diretamente no aplicativo.

A falha ocorria por um problema em alguns arquivos relacionados a uma base de dados chamada “Mercury.db”. Ela escrevia e reescrevia dados a cada 5 minutos. Nos fóruns, os usuários discutiram formas de contornar o problema. Mas como a maioria não acompanhava as discussões, ficou realmente no prejuízo.

Nunca saberemos exatamente quanto o Spotify reduziu de vida útil do seu SSD com essa falha. Mas não estamos falando de pouco tempo, provavelmente lá se foram alguns anos. Então, se você foi prejudicado, cuspa todos os marimbondos que puder. Ah Spotify, o que foi isso?!?!


Fonte: 88mph.com.br


Nenhum comentário :

Postar um comentário