sábado, 31 de dezembro de 2016

Processadores AMD Ryzen podem alcançar até 5GHz no overclock sem resfriamento líquido

Recentemente, a AMD anunciou em um evento a sua nova linha de processadores baseados na nova microarquitetura Zen, que ganhou o nome de AMD Ryzen. Algumas informações e demonstrações foram fornecidas pela empresa, e agora podemos saber um pouco mais graças a uma reportagem da revista francesa CanardPC, especializada em hardware.

A publicação faz uma análise sobre o futuro dos processadores com a chegada dos Ryzen e dos Intel “Kaby Lake“, mas para os mais interessados na próxima tecnologia da AMD, o destaque é a informação de que os próximos componentes da empresa deverão alcançar até 5GHz no overclock “no ar”, sem a necessidade de resfriamento líquido.

Curiosamente – e para deleite dos que gostam de um desafio – a informação está codificada. Como mostra a imagem abaixo, a revista incluiu uma linha de código binário, que precisa ser decodificada para saber qual é a mensagem. Se “traduzirmos” o código, temos ZenOC@Air=5G.

Vale lembrar que essa velocidade de clock foi alcançada em testes dos quais não sabemos nada a respeito. Nenhuma informação sobre as condições do hardware e configurações foram fornecidos pela revista. Além disso, os testes devem ter sido realizados em uma amostra do processador, e muitas vezes essas amostras são diferentes do que chega ao mercado.

Lisa Su, CEO da AMD, apresentou o evento de anúncio do Ryzen no dia 14 de dezembro e afirmou que os processadores chegarão com frequência mínima de 3.4GHz. Isso significa que haverá também frequências bases mais altas.


AMD Ryzen

  •     Núcleos: 8
  •     Threads: 16
  •     Frequência: 3,4 GHz
  •     Memória cache: 20 MB
  •     Soquete: AM4
  •     TDP: 95 watts

Embora não haja nenhuma previsão específica para o lançamento, a linha Ryzen chegará ao mercado no início do próximo ano, e uma apresentação com maiores detalhes deverá ocorrer durante a CES 2017.




Nenhum comentário :

Postar um comentário